"Talvez, afinal, eu devesse começar a acreditar em milagres. Em rezas, em sonhos, em delírios."

Caio F.